Assinatura RSS

Arquivo do autor:Juliana

Memórias

Publicado em

 

Era de manhã cedo, e em meio ao silêncio ouvia-se os sussurros do galo.

Era friozinho, sentia-se morno os raios de sol, e via-se gotas do orvalho da madrugada descendo pelas folhagens.

Tinha cheirinho de café fresco, e surgia a fumaça do ovinho quente caipira na mesa.

Era o sítio do meu Vô, eu ainda me lembro.

Que saudade!

 

imagem: reprodução

Pompom: Decoração de festa

Publicado em

Olá!

Quanto tempo, hein! Estou com meus pensamentos e tempo voltados para outras atividades,  mas confesso que estava sentindo muita falta deste bloguinho.

Pesquisando umas coisas para festas eu encontrei uma outra versão, bem mais rápida de fazer por sinal, daqueles pompons para decorar festinhas, e que alguns de você até já viram quando eu enfeitei o aníver da minha vó e aqui em casa no Natal. Bem, quem foi viu
Aqui vão algumas idéias que encontrei na web e o passo a passo no final. Beeem mais facinho! Agora animei de voltar a fazer e quando der postarei aqui., e quem tem acesso ao meu Facebook também. Mas como aquele outro modelo é beeem mais demorado de fazer, eu nem dava conta de fazer muitos, e nunca mais me animei pra fazer nenhum desde o Natal.

Este slideshow necessita de JavaScript.

E como é que faz?
Anota aí os materiais:
  •  8 a 10 folhas de papel de seda
  • 1 pedaço de arame (Cabelo de anjo é ótimo!)
  • tesoura
Passo a passo
Colocar as folhas de seda uma sobre a outra e ir dobrando como se fosse fazer uma sanfona, deixando cada dobra com 2 dedos de largura.
Depois de dobrado, fazer um corte arredondando as pontas das folhas. Em seguida, prender o pedaço de arame bem  ao centro do papel.
Abrir o papel e ir puxando as folhas de seda, uma a uma, com bastante cuidado para ir dando forma ao pompom.
Prenda um fio de nylon no arame para pendurar, enfeitar e alegrar a festa.

  Acho esses enfeites de muito bom gosto, dão vida ao ambiente, como os balões, mas de uma forma contemporânea. Não tem erro, pompom e velas juntos arrasam em qualquer ocasião!

fotos: divulgação

Anexo do post

Eu disse que mostraria quando eu fizesse um pompom desses, ta aqui ó! Arrumei um papelzinho de seda antigo que tenho aqui e, voilá!!

É realmente muito fácil e rápido este método de pompom. Minhas dicas são, ter muito cuidado ao abrir os papéis para não rasgar, é sensível mesmo, e usar menos papéis se for fazer pompom pequeno, umas 6 a 8 camadas, se for maior, entre 10 e 12.

Este que fiz é até pequeno, tem mais ou menos 12cm de diâmetro, e coloquei 12 camadas, poderia ter sido umas 8, pois fica mais duro pra abrir. Mas o resultado ficou bem legal para um primeiro. Lembrando que quanto mais camadas de papéis, mais fofo ou cheinho fica, então quem irá definir o ponto certo do que quer é você mesmo.

foto: juliana nina

Musiquinha pra alegrar, Baby.

Publicado em

Ok, ok. Se realmente tem alguém que lê esse blog deve estar frustrado. Estou com uma baita preguiça de postar, e o pior é que os assuntos estão se acumulando, e isso é o que não falta. Ainda bem!

Mas vai passar, é só um momento da minha personalidade, como um ciclo. Tem um momento que eu pego o pique e pronto, rola um monte de coisa! Também ando meio envolvida aqui com umas coisinhas de final de ano, viagens, etc. Mas isso não é desculpa, eu sei. =)

Bem, vim aqui só pra acarinhar meu bloguinho com uma musiquinha que eu adoooro. E lembro de como isso me faz sentir saudades e falta, mas muito meeesmo, de cantar. Ano que vem preciso retomar os trabalhos.

E também porque em ateliê que se preze não pode faltar música…

Baby

Você precisa saber da piscina
Da margarina, da Carolina, da gasolina
Você precisa saber de mim
Baby, baby, eu sei que é assim
Você precisa tomar um sorvete
Na lanchonete, andar com a gente
Me ver de perto
Ouvir aquela canção do Roberto
Baby, baby, há quanto tempo
Você precisa aprender inglês
Precisa aprender o que eu sei
E o que eu não sei mais, e o que eu não sei mais
Não sei comigo vai tudo azul
Contigo vai tudo em paz
Vivemos na melhor cidade
Da América do Sul, da América do Sul
Você precisa, você precisa
Não sei leia na minha camisa
Baby, baby, I love you

De Caetano por Gal

E como eu ainda não sei como postar um player, se é que o wordpress permite, para escutá-la clique aqui. É uma versão acústica que adoro!

A mesa de Natal

Publicado em

Eu queria deixar pra falar da mesa de Natal mais pra frente, mas estou muito ansiosa para isso, assim como pra falar de ou outro assunto que adoro, as velas, então vou começar logo a matar essa vontade.

Em geral, a gente pensa na mesa quase como pensa na árvore de Natal, pensa em todas as possibilidades de enfeites possíveis, na louça, no que será servido, as entradinhas, copos, taças, talheres… até que chega a um ponto que não é mais possível ver a cor da toalha da mesa.

Então, vamos seguir alguns passos que irá ajudar na ornamentação de uma mesa bacana:

1. Desde que você começou a arrumar sua casa, armar sua árvore, espalhar todos os enfeite e pensar nos mínimos detalhes, você já traçou uma linha de decoração, um estilo, e você seguirá o mesmo na mesa.

2. Observe o tamanho da sua mesa e pense no que realmente é possível que caiba nela. A mesa de centro também está valendo.

3. Definir como o jantar será servido, veja algumas opções:

3.1. Todos sentados e as travessas de comida posicionadas na mesa.

3.2. Todos sentados na mesa e as travessas de servir num buffet, ou uma mesa de apoio.

Veja na foto acima que os talheres foram amarrados com fita em pares de garfo e faca.

3.3. Jantar americano, em que as comidas são postas na mesa, as pessoas se servem e saem para comer com o prato na mão ou no colo, sentados no sofá, cadeiras dispostas, em pé, ou de outra forma que achar melhor. (Ainda tem aqueles que mesmo assim se sentam num cantinho espremido da mesa, né. Rsrsrs)

4. Defina a louça, veja se a quantidade das peças dará para todos os presentes, caso não, complemente com outra que se assemelhe nas cores e estilo, ou que se contraponha, mas que combine e faça harmonia na mesa. Se a opção for o jantar servido na mesa, pode intercalar os tipos de louça.

A louça branca ou com alguns detalhes é quase unanimidade, mas outras cores estão liberadas, tudo depende dos complementos e da decoração do ambiente.

5. A escolha da toalha da mesa depende da cor da louça, se a louça tiver cor mais forte e intensa escolha uma toalha de cor neutra, assim serve para o contrário também. Se quiser a toalha na mesma cor da louça, escolha um tom mais claro e pastel, e caso opte por uma toalha estampada, escolha uma louça de cor neutra e clara ou em uma das cores que tiver na toalha. Repare também no estilo da louça, se é algo mais fino e delicado, merece uma toalha à altura.

Você ainda pode substituir a toalha da mesa por suplats ou jogo americano que deixam a apresentação moderna e informal. Ficam lindos em mesa em vidro ou em madeira rústica. Olha que mimo: clique! Ainda vale usá-los juntamente com a toalha, combinando bem cor e textura com a mesma, lembrando dos princípios acima.

6. Taças e copos. Se você tiver um conjunto completo de taças e copos, para todos os tipos, defina os tipos de bebidas que serão servidos na ceia, vinho, espumante, refrigerante, água, etc. Para simplificar, utilize um copo vertical bonito ou taça arredondada grande para refrigerante, sucos, drinks ou água e uma taça para vinho, ou taça para espumante.

Olha o azul turquesa aqui de novo. Lindo!

Mas se você quiser se aprofundar no conhecimento de tipos de copos para bebidas, clique aqui. Mas lembre-se! Mesmo que vá servir uma grande variedade de bebidas duranta a festa, escolha apenas 2 a 3 tipos para ficarem à mesa, porque não caberá tudo, e faça em outro local – mesa de apoio ou buffet – a disposição das bebidas e variedade de copos.

7. Pense sobre os guardanapos, pode ser de tecido ou papel. Caso seja de papel, para ocasiões especiais, escolha os maiores, de qualidade fina e suave. O branco não tem erro, mas se preferir cores lisas ou estampadas, observe se as cores estão de acordo com a decoração que você está planejando. Para eles também vale a combinação de outra cor ou modelo caso não haja do mesmo tipo para todos os convidados, disponha-os intercalando também. Quando o serviço é americano, eu gosto de dobrar os guardanapos em triângulos grandes, enrolá-los por uma das pontas maiores e coloco vários dentro de taças grandes, então, espalho algumas pelo ambiente.

Mesmo que o guardanapo seja bem simples, invista em porta-guardanapos bonitos, que podem servir para qualquer ocasião. Ou ainda pode fazer pequenos buquês de flores e amarrá-los com laços de fita aos guardanapos. Isso fará toda a diferença!

8. Na minha opinião não pode faltar na mesa de qualquer jantar e não poderia ser diferente no Natal, as velas. Com tanta variedade de cores, tamanhos, detalhes, e formas de apresenta-las, com certeza merecem um post só delas. Eu simplesmente adoro!!

Em breve postarei mais opções de velas.

9. Os enfeites de Natal podem ser colocados espalhados na mesa, como pequenos detalhes que chamam a atenção dos olhos, boa opção se for servir o jantar na mesa e não ocupar muito espaço. Ainda pode reuni-los dentro de potes de vidro, cestos, taças e bombonieres de tamanhos e alturas diferentes. Eles devem seguir o padrão do estilo de decoração que você escolheu para sua casa.

Como exemplo desses enfeites tem as bolinhas ou enfeitinhos que não couberam na árvore da Natal; pinhas que podem ser ao natural ou com pintura metalizada, árvores de Natal em miniatura, bonequinhos… Ah, tanta coisa!

Os enfeites podem ser pendurados na luminária sobre a mesa, é ousado, divertido e não ocupa espaço.

10. E por que não flores? Escolha a espécie que mais gosta e na cor que acha que combinará com a sua decoração, é sempre maravilhosa uma decoração com flores.

A Poinsettia – as flores vermelhas da foto do meio -, chamada de estrela do Natal por causa de seu formato, pode ser encontrada naturalmente nas cores vermelha e branca em floriculturas, mercados, e também artificiais em lojas de decoração, inclusive em outras cores, como dourada e prata. É possível encontrar a artificial até em lojas de 1,99. Se quiser saber mais sobre ela, clique aqui.

foto: reprodução

Já é tempo de Natal

Publicado em

Falta mais de um mês pro Natal, e eu tenho certeza que os amantes da data como eu, já devem estar com suas cabecinhas a mil pensando em como deixar sua casa preparada para receber a família e os amigos. Já sonham em como será a mesa; qual será a comilança; o que terá de novo na árvore deste ano; como pendurar as luzes na varanda, sem falar nos presentes. – Ah! E como decorar O Ateliê, é claro. – E as incontáveis novidades que já estão pipocando, ou melhor, fervilhando pelas lojas da cidade?! Vamos, não dá pra deixar pra última hora.

Irei publicar em partes algumas inspirações e dicas de Natal, porque é tanto material que fui juntando e idéias surgindo que este post seria astronômico, então farei separando por temas, ou tentando já que é tanta coisa maravilhosa puxando uma a outra.

Hoje deixarei só um cadinho de água nos olhos – sim, digo nos olhos porque não falarei de comes e bebes desta vez (ainda!) -, e dando aquele empurrãozinho nos que não fazem idéia alguma, e nos que até fazem, mas estão com aqueeela preguiça.

Eu amei uma novidade nas cores dos enfeites e decoração para o evento. Os tons verde água e azul piscina que já estão brilhando na moda vestuário e na decoração de ambientes – e até no cabeçalho do bloguinho (rsrsrs) -, é a cereja do bolo neste Natal.

O tom suave e alegre juntamente com o branco e a prata conferem um ar clean e despojado.

Enfeites em tecidos diversos que conversam entre si e com cara de feitos a mão estão em alta também.

Essa combinação de cores é um graça, pra quem quer fazer tudo diferente este ano, ou irá comemorar a data pela primeira vez na casa nova, vale a pena esta brincadeira. Eu diria que esta combinação merece ir além do Natal.

Adorei! E você?

Aguarde que vem mais…

Parede de desenhar

Publicado em

… de escrever, rabiscar, apagar, e fazer tudo de novo, e de novo, e de no…

Porque sabe a lousa da escola? Então, agora não são só as escolas que possuem o privilégio de tê-las em suas paredes, agora a gente pode ter em casa também!

É possível encontrar facilmente a tinta certa nas lojas especializadas, existem várias marcas. Procure por tinta de lousa escolar.

E vou lhe dizer mais, esta tinta está sendo usada de forma muito além da parede, viu, é impressionante (ainda bem!) o tamanho da criatividade do povo por aí. A tinta saiu da parede e foi parar em objetos; móveis, e tem pra tudo quanto é função, ó: mandar recadinho; criar agenda do mês; lembrete; fazer lista de compras; anotar receita; pintar o 7; organizar as muambinhas; dizer de quem é qual; declarar amor – poesia, música, e blá blá blá… Ah! O que a imaginação mandar…

Curte aí…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Cansou do pretinho básico e do verde oliva de todo dia?

Tem colorido também!!! A linha Chalkboard da marca Hudson Paint possui grande variedade de cores.

Inspirou? Então vai lá e divirta-se!

fotos: reprodução

Trenas temáticas

Publicado em

Uh-la-lá!! Quem diria que a nossa boa e velha conhecida trena apareceria de cara nova, ou melhor, repaginada! Rs.

Pesquisando umas coias na web, sem querer me deparei com uns modelitos fashion, tem os engraçadinhos, também tem os de peruinha.

São do modelo pocket, de 1m a 1,5m,  daqueles que a gente carrega na bolsa, ou pendurado no chaveiro e leva pra todo lugar pra medir o que tiver pela frente, coisa de arquiteta, né. Bom, ou pra quem simpatizar, vai. 🙂

E eu quero uma!!

Onde comprar

Pode-se encontrar alguns modelos pra vender aqui, alguns outros são encontrados na Tok&Stok. Pesquisando, obtive a informação que também tem em uma loja no Shopping da Gávea, pra quem mora no Rio. E você encontra vários outros modelos bacaninhas no site da boutique de design Pylones. Esta loja é um achado, tem tanta coisa bacaninha que ainda farei um post sobre ela aqui.

fotos: juliana nina e reprodução