Assinatura RSS

Micro intervenção: cadeira de escritório

Publicado em

Hoje, num momento pensativo na rua – quando a gente pensa mil coisas uma atrás da outra enquanto espera algo – de repente, me veio no pensamento a minha cadeira de escritório que esta(va) com os bracinhos pedindo arrego. Como assim?

É que a borrachinha dos braços estava descascando há algum tempo, e a cadeira nem é velhinha, deve ter uns 6 anos no máximo e está toda boa, cumprindo muito bem as suas funções, exceto pelos bracinhos descascados.

Tudo explicado, continuo… É que logo com a imagem da cadeira de bracinhos descascados me veio a idéia de encapa-los com tecido. Mas qual? Pensei no que poderia estar sobrando em casa no quesito tecido, lembrei que mandei fazer uma jaqueta na costureira, em breve deve sobrar um brim floralzinho, não pra hoje, pensei mais um pouco… e lembrei!! Sobrou no ano passado a barra de um vestido que mandei cortar um pedacinho, e era perfeito pro que eu precisava, de malha, bem molinho, estica bastante pra ir enrolando em torno dos braços. E a estampa é de: oncinha! Rs.

Não, não ficou cheguei, o tecido é em tons discretos, tem um mesclado bacana, não é a toa que eu uso tanto o vestido a ponto dele pode andar sozinho por aí.

Eis a micro intervenção na cadeira:

Peguei o tecido que era a barra do vestido, que devia ter uns 8cm de altura e de comprimento de 1m a 1,2m, e cortei no meio, ficando com 50cm a 60cm de comprimento por 8cm de altura, cada pedaço.

Aí foi só enrolar cada pedaço de tecido em torno dos braços da cadeira. Como o tecido é de malha e estica bem foi fácil ajustar no braço.  Comecei pela parte de baixo, porque ali também seria o fim que depois eu veria como prender.

Acho que a lycra também deve cair bem para este tipo de trabalho, porque além de ser bem elástico, é um tecido agradável pra pele do braço ficar apoiada, como esta malha que estou usando.

E para deixar preso na parte de baixo do braço, pra ficar escondido, eu finalizei com um nó de cada lado, simples! Nem precisei de cola tudo nem nada. Sem sujeira, sem espera.

E tudo pronto, ficou assim…

E se o tecido fosse comprido e sobrasse muito, deixaria as duas pontas longas lá embaixo, e além do nó ainda faria um laço pra ficar pendurado. Ficaria joia também, mas o tecido só deu para o nó mesmo, e ainda bem que deu. 😉

Uma idéia + 10 minutos de trabalho a custo zero.

fotos: juliana nina

Anúncios

E como é que faz?

Publicado em

Pois é! Esqueci de publicar aqui o passo a passo que eu segui pra fazer o tal do efeito vintage na foto, né.

Eu segui as etapas deste site, está em inglês, mas é super fácil de entender.

Para aquela imagem da casa eu fiz algumas alterações nestas configurações que a autora ensina para que ficasse mais do jeito que eu queria.

Foram elas: na hora que o Gradient Map foi aplicado, a predominância era da cor vermelha, mas eu preferi o verde pra fica mais do jeito que eu queria, então eu marquei o reverse, e coloquei 40% na porcentagem do Blend Mode, pois fui testando as possibilidades e cheguei ao que eu queria  com este valor.

Mas essas opções realmente são editáveis para se adequar ao efeito exato que você quer.

Enjoy!

A moda vintage

Publicado em

Você também acha que o novo está ficando com cara de velho?

É porque o estilo vintage, ou ainda, o retrô, está na moda! Nada mais é que a recuperação dos estilos de décadas passadas, bem passadas! Vai dos anos 60 ao 20. Ah! Vamos colocar os anos 70 na roda também, vai…

Hoje, o estilo vintage, ou retrô, está por toda parte, no vestuário, nos móveis, nos utensílios domésticos, na decoração, nas embalagens, na cabeça das pessoas, nas estamparias, nas nossas buginganguinhas do dia-a-dia.  E quer saber? Eu A D O R O !!

Há algum tempo eu vinha tentando fazer efeito vintage em minhas fotos, mas como ficava feio, eu desistia. Percebi que uma coisa também atrapalha, a qualidade da foto que eu estava trabalhando não era assim… bacaninha! Mas  ontem, pesquisei uma imagem aí pela web e  fiz a primeira foto vintage, considerada por mim, descente. Uhuuu!! Agora ninguém me segura, virão muitas outras…

É uma casa de campo para uma postagem no Facebook, é simples, sem textura e nem nada, mas com os efeitos de cores vintage. =)

Olha como era…

E tem mais!

A tecnologia de ponta também apostou no estilo ‘retrógrado’, veja este frigobar da Brastemp…

… e esta cafeteira de espresso da marca Illy.

Gracinhas, né!? E ambos encontram-se em diversas cores.

As embalagens dos produtos da Granado. Ainda que renovadas, sempre mantiveram este estilinho.

Esta é a linha de cuidados para unhas, pés e mãos.

E aquela cômoda da vovó que há meses você junta coragem para doa-la!? Veja que com uma pequena mão de obra, inspiração e boa vontade, você pode deixa-la com a alma lavada, e sem dúvida, na moda!

Sabe uma coisa que aprendi, que devemos realmente pensar mil vezes antes de jogar algo fora, tudo pode voltar a estar na moda um dia e você pode dar aquele ‘seu jeitinho’. Não canso de ver! 😉

Inspire-se…

Este slideshow necessita de JavaScript.

fotos: juliana nina e reprodução

Movimento rosa

Publicado em

O ateliê apoia o Movimento Rosa que semeia a idéia de um mundo mais otimista, solidário e feminino, e que elegeu o mês de outubro para se manifestar juntamente com a campanha mundial de incentivo das mulheres ao cuidado pessoal contra o câncer de mama.

 

foto: juliana nina

A primavera chegou…

Publicado em

… e posto aqui imagens das orquídeas que fotografei no orquidário que visitei em Teresópolis no dia do meu aniversário, 25 de setembro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

fotos: juliana nina

Adesivos de parede

Publicado em

Ai que fiquei sem fôlego quando me deparei, sem querer, com este site de uma marca de adesivos para parede – e outras superfícies também.

Foi paixão à primeira vista com a linha “Natureza”, que tem árvores e borboletas em tons delicados e muito charmosos. Queria muito pro meu quarto, pena que não tem mais espaço na parede!!

No site da marca, I-Stick, você encontra outras linhas, como desenhos geométricos; lúdicos; descolados; e outros.

E você ainda pode fazer adesivos personalizados!

Veja mais…

Este slideshow necessita de JavaScript.

fotos: reprodução

Na onda de Clark Little

Publicado em

Clark Little, surfista e fotógrafo californiano, se arrisca nas “quebradas” havaianas para capturar a beleza única daquele instante, e o resultado de seu trabalho é essa surpreendente mistura de cores, texturas, formas e paisagens.

Sua arte é contagiante!

Sem dúvida algumas das coisas mais belas que já vi.

E muito mas…

Este slideshow necessita de JavaScript.

fotos: clark little